Campo Erê / Agricultura - 05 de Agosto de 2016 - 07h52

​Agricultores da região iniciam Programa de assistência técnica e gerencial ATeG

Foto: Jandir Sabedot/www.campoere.com

Teve inicio nesta quinta feira 04, a capacitação de 25 agricultores no Programa de Assistência Técnica Gerencial, ATeG, promovido pelo Serviço de Aprendizagem Rural (Senar), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), e o MAPA Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A abertura oficial aconteceu na sede do sindicato do Produtores Rurais de Campo Erê, e contou com a presença da supervisora do Senar Grasiane Bitencourt, presidente do sindicato Marcelo Baptistela, representantes das empresas parceiras, e agricultores que aderiram ao programa.

Através da sua metodologia de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), será o responsável pela assistência técnica e capacitação dos produtores rurais participantes do Programa “Leite Saudável”, com 24 meses de acompanhamento técnico.

A iniciativa pretende aumentar a competitividade do setor lácteo e melhorar a qualidade do leite produzido no Brasil.

Dentro dos sete eixos de ações definidos pelo Leite Saudável – assistência técnica e gerencial, melhoramento genético, política agrícola, sanidade animal, qualidade do leite, marco regulatório e ampliação de mercados – o serviço prestado pelo SENAR terá um papel fundamental. A Assistência Técnica e Gerencial trabalha de forma sistêmica em cinco passos para que a propriedade rural produza mais e melhor: diagnóstico produtivo individualizado; planejamento estratégico; adequação tecnológica; capacitação profissional complementar e avaliação sistemática de resultados.

O programa tem o acompanhamento do medico veterinário Jaime Gabriel Junior, capacitado pelo Senar a prestar acompanhamento aos produtores todas as metodologias sobre cálculo de custos de produção, indicadores da propriedade e, principalmente, análise de dados para o planejamento estratégico conforme os pontos fortes e fracos de cada propriedade.

Todos os dados levantados serão lançados em um software utilizado nacionalmente e que abriga informações completas de propriedades de todo o País. Com essas informações é possível fazer comparativos e tomar decisões mais assertivas. Os produtores são os que têm os melhores resultados econômicos e não os que produzem mais. A partir deste software, os empresários rurais terão modelos para melhorar a sua rentabilidade.

Fonte: Campoere.com

Galeria

  • Foto: Jandir Sabedot/www.campoere.com

    Foto: Jandir Sabedot/www.campoere.com

Compartilhar:

Veja também

Todos os direitos reservados. Campo Erê.com. 2018