Iporã do Oeste / Política - 05 de Julho de 2018 - 17h09

Vergonha - Prefeito manda transferir praça do Bombeiro por motivos pessoais

Um praça do Corpo de Bombeiros de Iporã do Oeste foi transferido de local de trabalho a “pedido” do prefeito, Lúcio Mallmann. O motivo? A insatisfação do mandante com uma arbitragem do futebol amador da cidade. O praça em questão apita jogos de futebol nas horas de folga, e teve uma discussão com o prefeito, que estava nas arquibancadas ofendendo a equipe de arbitragem. Poucos dias depois, o prefeito fez contato com o comando local do Corpo de Bombeiros, informando que não compareceria a formatura de entrega de uma viatura se o referido praça estivesse presente.

Na maioria das cidades catarinenses, o Corpo de Bombeiros depende da verba do município para sobreviver. Se aproveitando desse fato, e agindo de forma nada republicana, o prefeito articulou a transferência do praça para outra cidade. Um desrespeito com a instituição Corpo de Bombeiros Militar, e também com os cidadãos de Iporã do Oeste, pois a verba é da cidade, é recurso público, e não deveria ser utilizada ao bel prazer do prefeito, como forma de chantagem, numa atitude digna de um moleque.

A Aprasc repudia veementemente essa atitude, que fragiliza não somente os praças, mas também a Corporação como um todo, nos deixando a mercê de irresponsáveis que não tem a mínima noção do trato com a “coisa pública”.

Fonte: Aprasc

Galeria

  • Vergonha - Prefeito manda transferir praça do Bombeiro por motivos pessoais

Compartilhar:

Veja também

Todos os direitos reservados. Campo Erê.com. 2018