Campo Erê / Entidades - 21 de Maio de 2018 - 07h17

​Projeto de Lei que regulamentaria a realização de feiras é rejeitado pelos vereadores

Foto: arquivo www.campoere.com

Tramitava na câmara municipal de vereadores de Campo Erê, um projeto de Lei, o qual tinha a intenção de regulamentar a realização de feiras temporárias no município de Campo Erê.

Na sessão ordinária da ultima quinta feira 17, o projeto foi para votação e foi rejeitado, pois para que ele ter a aprovação necessitaria de 5 votos a favor.

Segundo o que o portal teve acesso de informações, votaram a favor os vereadores Robson Ramos, Rosane Moreira e Jocemar de Mello.

Foram contra as vereadoras Reasilva Raimundi e Aline dos Santos, enquanto o vereador Antonio Teixeira se absteve de votar e os vereadores Adelir Bussolaro e Valdir Venancio, estavam ausentes do plenário da sessão.

Durante as justificativas do porque das votações, a vereadora Rosane disse que foi a favor do projeto tem em vista que ele apenas regulamenta a realização das feiras e não as proíbe, o mesmo discurso foi seguido pelos vereadores Robson e Jocemar, que deixaram claro suas posições diante do projeto que ele só vem para regulamentar e não para proibi-las e que os impostos sejam pagos assim como o comercio local os paga.

A vereadora Aline Santos, não se manifestou sobre o tema. O vereador Adelir disse que fez uma cirurgia e esta afastado de todas as funções e Valdir Venâncio também informou que estava hospitalizado com problema de saúde.

Já a vereadora Reasilva, usou de seu tempo para falar do projeto, que segundo ela entendeu que a Lei proibiria a realização de feiras no município.

Ela afirmou que as mercadorias que feirantes de outras regiões vem comercializar no município, não são falsificadas e ou furtadas e que o projeto favoreceria o comercio local e prejudicaria a população, defendeu as feiras e citou o nome de uma determinada marca de roupas, que nas lojas custa mais de R$ 100, na feira custa entre R$ 5,00 e R$ 10,00.

Em determinado trecho do posicionamento, Reasilva disse que os participantes do Dia “D’ de vendas, que é promovido mensalmente por alguns lojistas de Campo Erê “é de dia de meter os dedos nos olhos do consumidor”.

Ela ainda garantiu que não há vantagem comprar no comercio local e deu explicações de como tem que fazer promoções ou vendas a preço baixo e que os vereadores tem que ajudar o povo.

Procurado sobre a citação da Associação Empresarial durante a fala da vereadora Reasilva, o presidente Sidnei Didomenico, disse estar em viagem de assuntos de sua empresa, mas que na próxima terça feira haverá um reunião onde será feita a analise da rejeição do projeto sugerido pela entidade e também do que disse a vereadora.

Abaixo segue copia do projeto

Abaixo segue também o áudio dos pronunciamentos dos vereadores, que até o momento tivemos acesso:

Fonte: Campoere.com

Áudios

  • PRONUNCIAMENTO REASILVA

  • PRONUNCIAMENTO ROSANE

  • PRONUNCIAMENTO ROQUE MELLO

Compartilhar:

Veja também

Todos os direitos reservados. Campo Erê.com. 2018