Campo Erê / Animais - 07 de Março de 2018 - 16h56

​Febre aftosa – Sistema de vigilância monitora seis propriedades na região

Imagem Ilustrativa

Com o objetivo de fortalecer o sistema de vigilância para Febre Aftosa no Estado de Santa Catarina, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina – Cidasc implantou um sistema contínuo de fiscalização e inspeção a estabelecimentos rurais.

Cada ciclo do sistema de vigilância terá a duração de 5 meses, o qual terá um mês de intervalo antes que o próximo ciclo seja iniciado, tornando essa vigilância ininterrupta.

A CIDASC, esta executando o trabalho em seis propriedades nos municípios de Campo Erê e em São Bernardino.

Segundo a medica veterinária, Tatiane Duriex Penso, no primeiro e segundo mês, foi realizada uma inspeção geral nos lotes de animais nas propriedades selecionadas. No terceiro e quarto mês, será realizado um exame clínico detalhado em uma amostra dos animais.

Os exames clínicos criteriosos, realizados por médicos veterinários treinados, possuem grande capacidade de detectar animais com sinais compatíveis com febre aftosa e, combinados com investigações complementares, fornecem subsídios para sustentar que a doença está ou não presente em uma população.

Fonte: Campoere.com

Compartilhar:

Veja também

Todos os direitos reservados. Campo Erê.com. 2018