Anchieta / Economia - 18 de Julho de 2017 - 17h46

​Lançado Programa Cidade Empreendedora em Anchieta

Foto: Divulgação

Anchieta, no extremo oeste catarinense, lançou no último fim de semana o Programa Cidade Empreendedora, em parceria com o Sebrae/SC. A iniciativa tem por objetivo fomentar o desenvolvimento econômico com talentos e capitais locais por meio da implementação de soluções em vários segmentos.

O evento contou com a presença do prefeito Ivan Canci, do diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Angelo Ortigara, do coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Trennepohl, da consultora credenciada ao Sebrae/SC, Sisse Abdalla, entre outras lideranças locais, empresários e comunidade.

Trennepohl destacou que o conjunto de soluções auxiliará no desenvolvimento do ambiente de negócios com metodologia formatada para atender os municípios de acordo com a realidade local. “As ações iniciam com diagnóstico, alinhamento interno com a equipe da prefeitura, divulgação do programa para a comunidade e seguem com a equipe de consultores especialistas implementando as soluções”.

Segundo ele, o conjunto de soluções previstas no pacote do programa Cidade Empreendedora oportunizará melhorar o ambiente de negócios e implantar um plano de desenvolvimento com a participação de todos os agentes econômicos locais – empresários, produtores rurais, microempresas – além de sindicatos, associações e entidades empresariais.

O prefeito Ivan Canci enfatizou que o objetivo é promover o desenvolvimento do município com a criação de políticas que ofereçam condições adequadas para quem quer empreender. “Queremos, com visão estratégica, despertar na sociedade novos empreendedores para investir e aumentar sua capacidade de trabalho”.

Anchieta conta atualmente com quase 6 mil habitantes e 611 empresas de todos os ramos registradas. A maioria é formada por pequenos negócios e, além da agropecuária, responsável pela ocupação de 70% da população economicamente ativa, os outros 30% são dos segmentos de comércio, serviços e indústria. Ao todo, 600 profissionais trabalham em empreendimentos da área do comércio e indústria. “Nosso foco é organizar o município e fortalecer a geração de emprego e renda. Também estamos desenvolvendo ações para explorar uma nova atividade: o turismo rural. Temos buscado apoio do Sebrae, que é um parceiro estratégico, para esse conjunto de ações”, completou o prefeito.

Para Ortigara, o projeto potencializará o ambiente de negócios nos mais variados segmentos, o que fomentará a economia local, regional e estadual. Segundo ele, até o momento 31 municípios catarinenses aderiram ao programa e tudo indica que a iniciativa será difundida pelo Sebrae nacional em outros Estados.

No extremo oeste quatro municípios aderiram ao projeto. Além de Anchieta, Maravilha e São José do Cedro lançaram o Cidade Empreendedora neste mês.

Fonte: MB Comunicação

Compartilhar:

Veja também

Todos os direitos reservados. Campo Erê.com. 2018